A Arte de escrever bem

A Arte de escrever bem

Por Marina Oliveira Lopes Coelho

Realmente: escrever, colocar a ideia no papel é uma arte, não um dom, pois não nascemos com o dom de escrever. Para isso, precisamos, ao longo de nossa vida estudantil e acadêmica, aperfeiçoar técnicas que podem nos ajudar a dominar a arte da escrita.

Muitos justificam a sua incapacidade com a escrita com a falta de domínio da língua portuguesa.

A língua portuguesa, também conhecida apenas como português é uma língua que se originou no galego-português, idioma falado no Reino da Galiza no norte de Portugal. Para a nossa sorte, o Brasil foi um dos países “conquistados” pelos portugueses no período das grandes navegações marítimas, motivada por questões comerciais. A influência portuguesa acabou definindo o nosso idioma, que por sua vez sofreu outras interferências, o que nos trouxe um idioma carregado de normas e regras.

A relação do brasileiro com sua língua não é das mais harmoniosas e podemos verificar isso nos resultados dos exames entre os estudantes. Como professora de língua portuguesa presencio muitas queixas entre os alunos, principalmente quando precisam escrever a tal redação.

O fato é que a experiência ao lidar com a palavra escrita pode e muito contribuir para o êxito de um profissional. Nos processos seletivos e concursos, muitos recrutadores recorrerem ao bom uso da escrita como requisito para o candidato preencher aquela vaga no mercado de trabalho.

Mas como desenvolver a arte de escrever? O primeiro ponto que quero que entenda de uma vez por todas é que escrever não é um castigo, e que não pode ser gerado com angústia e sofrimento, atendendo a uma simples obrigação. Escrever é uma forma de expressar, de se comunicar com o outro, uma oportunidade de transmitir o que pensamos sobre determinado assunto e a partir daí começar a compartilhar experiências e vivências. Por isso, a minha dica é que comece a escrever sem tantas preocupações, com a simples intenção de manifestar por escrito aquilo que você prensa sobre determinado assunto. Deixe as ideias fluírem e aos poucos o medo de “estar tudo errado” vai sumindo.

É claro que a leitura e a escrita estão interligados. Já ouviu a frase: “só escreve bem quem lê?”. A leitura ajuda a obter conhecimentos e informações suficientes que te ajudarão a organizar melhor as suas ideias ao escrever. A leitura te dará todo o suporte necessário para o seu conteúdo. Portanto, não economize na leitura.

Outra dica muito importante que sempre falo para os meus alunos é aprender a organizar as suas ideias. Muitas pessoas têm muita informação, mas na hora de escrever, não sabem o que fazer com elas. Por isso, a organização: começo, meio e fim, ou seja, introdução, desenvolvimento e conclusão de um texto são essenciais para que o leitor possa realmente entender o que você escreveu. Isso se chama coerência! Procure transmitir suas ideias com muita clareza, pois diferente do que ocorre na comunicação oral, muitas vezes você não tem a possibilidade de saber se o leitor já possui uma noção do assunto ou se precisa de mais explicações.

Uma outra dica valiosa para escrever de forma clara é fazer frases curtas e objetivas, utilizando a ordem direta e com termos de uso comum. Sempre aconselho evitar palavras desconhecidas, de duplo sentido ou específicas de uma determinada área de atuação, pois isso pode prejudicar a compreensão do texto.

Por último, é importante destacar que um texto não será aceito ou publicado se tiver cheio de erros de português. Revise o seu texto antes de entregar. Se você tiver dificuldades, contrate um profissional da área de revisão textual. Vale a pena o cuidado com a linguagem!

Assim, o meu desejo é que você possa desfrutar ao máximo das inúmeras possibilidades que a linguagem escrita pode te oferecer, afinal escrever bem é um ótimo marketing pessoal!

 

Marina Oliveira Lopes Coelho
Professora da Faculdade Delta, redatora, revisora de texto e editora chefe da Revista Renascer
Contatos: e-mail – marinarevisordetexto@gmail.com
Instagram: @marinarevisoradetexto

Fechar Menu
%d blogueiros gostam disto: