Quem está no controle?

Quem está no controle?

Ultimamente tem-se ouvido falar muito sobre a educação financeira, porém, pouquíssimos são aqueles que sabem como colocá-la em prática. Realmente, ter disciplina e organização com as nossas finanças é muito difícil. Siglas como SELIC, IPCA, CDB, CDI, IOF e tantas outras não têm o menor significado para você? E ainda te assustam? É compreensível. Fomos educados a adquirir bens e depois pensar em como pagar e não a entender como tudo funciona.

Se recebemos algum dinheiro, logo pensamos como vamos gastá-lo. Se em um sapato novo, uma roupa nova, um outro carro, uma viagem. Todos queremos algo. Às vezes para dar de presente para alguém especial, por precisar de um item novo devido ao desgaste do antigo, mas em sua maioria as compras são realizadas por impulso, simplesmente por termos o valor necessário para aquela aquisição. Pelo prazer de mostrar à sociedade que temos o poder para comprar algo.

Geralmente achamos que trabalhamos muito e merecemos nos dar um presente, uma espécie de recompensa pelo árduo trabalho e acabamos comprando algo de que não precisamos, com o dinheiro que não temos, para suprir uma necessidade ilusória, para impressionar pessoas que não são próximas a nós.
Independente do motivo dos seus gastos, se chega o fim do mês e não há mais nenhum vestígio do seu salário, definitivamente algo está errado. E a educação financeira, que deveríamos ter aprendido quando crianças, faz falta nessas horas.

Quando você consegue administrar os seus ganhos, exercer a gestão do seu dinheiro ou buscar ajuda para entender como fazê-lo, você descobre que pode realizar muito mais coisas do que tem feito e com muito mais tranquilidade.
Aprender a utilizar a educação financeira a seu favor vai te ensinar e te auxiliar na administração dos seus rendimentos, seus investimentos e aplicações. Sempre haverá surpresas no decorrer da vida, e é necessário estarmos prontos para quando isso acontecer, pois é apenas uma questão de tempo.

Desse modo, é necessário ter um objetivo, não é apenas guardar dinheiro. Você precisa ter equilíbrio para conquistar aquilo que sonha e fazê-lo se tornar real.

É vantajoso que você entenda que o dinheiro não deve controlar você, você deve ter o controle sobre ele. Afinal, quem está no controle?


Autor: Eliel Marinho Pacheco
Graduando em Administração e especializando em Gestão Financeira e Controladoria da Faculdade Delta. Contato: eliel-pacheco@hotmail.com